• Agro
  • Água & Saneamento
  • Desinformação
  • Exploração & Controle
  • Florestas & Uso do Solo
  • Geopolítica
  • Pesquisa
  • Petróleo
  • Povos Indígenas & Comunidades Tradicionais
  • Sociedade Civil
  • Violência
  • Atores

Lançado em outubro de 2020, o Sinal de Fumaça é uma plataforma bilíngue independente atualizada semanalmente que sistematiza os principais fatos, notícias e discursos relacionados à crise socioambiental brasileira. Produzida por um grupo de comunicadores e ativistas com apoio da agência Lema, a plataforma permite a busca e a “customização” de linhas do tempo temáticas, por período ou ator-chave. O site também permite que pesquisadores, jornalistas, ativistas, estudantes e outros usuários façam download e arquivem conteúdos selecionados. Desde maio de 2021, o Sinal de Fumaça abriu uma frente de trabalho em Nova York para articular, acompanhar e cobrir as relações Brasil-EUA nas pautas socioambientais. Além de servir como monitor contemporâneo, o Sinal de Fumaça opera como espaço de preservação de memória e combate à desinformação no que diz respeito aos impactos da gestão Bolsonaro sobre a agenda socioambiental brasileira. 

Equipe:

Coordenação: Rebeca Lerer

Edição bilíngue: Pedro Ribeiro Nogueira

Conteúdo: Julia Alves

Sinal de Fumaça em Inglês: Marianna Olinger

Agência Lema:

Design: Gabriel Pasin

Imprensa e Relações Públicas: Direção – Leandro Matulja; coordenação Carolina Bressane; divulgação – Priscila Rosa de Oliveira, Julia Martins, Tchelo Gomez 

Planejamento e Criação: Direção – Guilherme Maia; coordenação – Rebeca Lerer, Felipe Vaitsman e Marianna Souza; planejamento – Tayline Oliveira Santos; criação – Julia Alves, Pedro Ribeiro Nogueira, Marianna Olinger e Gabriel Pasin; especialista em redes sociais – Leonardo Vitório Mídia: Daniela Alves Business Intelligence: Luis Sorroche 

Direção geral: Letícia Zioni

Gestão de projeto: Guilherme Rocha

Link copiado com sucesso!